segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Alexander Wang ganha processo de U$90 milhões contra falsificadores

Alexander Wang processou mais de 459 sites que vendiam peças falsas suas e de outras marcas. O resultado da ação foi expressiva: mais de $90 milhões em indenizações que provavelmente nunca chegarão aos bolsos do designer.

Um porta-voz da marca explicou ao WWD que a vitória, apesar de grande, foi simbólica e serve para desencorajar atos futuros de pirataria online. Os 459 domínios derrubados pertenciam a cerca de 50 pessoas que são impossíveis de rastrear, portanto, a marca não espera receber um centavo sequer do que lhe foi conferido pela justiça, que abertamente também assumiu deferir a sentença para desencorajar os falsificadores.

De acordo com o “Fashionista”, foi o primeiro processo judicial de Alexander Wang. “Proteger nossa marca requer vigilância constante em escala global, além de medidas proativas, como o envio de recados para que falsificadores nacionais e internacionais desistam desse crime, além de contatar os servidores que abrigam os sites ilegais” explicou Dennis Wang, co-fundador da grife.

O estilista Alexander Wang, que conseguiu na justiça indenização de U$90 milhões ©Reprodução
O ESTILISTA ALEXANDER WANG, QUE CONSEGUIU NA JUSTIÇA INDENIZAÇÃO DE U$90 MILHÕES ©REPRODUÇÃO


Matéria disponível aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário