segunda-feira, 9 de março de 2015

Livro celebra a beleza de mulheres fora do “padrão"

Modelos plus size posaram nuas para as lentes da fotógrafa norte-americana Victoria Janashvili e pretendem redefinir a concepção de beleza, que hoje favorece as mulheres magras.

Nós gostamos de bunda. Nós gostamos de curvas e peitos, quadris e corpo. Nós amamos os corpos das mulheres, sejam eles magros, cheios, sem curvas, atléticos, velhos, jovens, negros, brancos... Mas nem todo mundo ama... Porque nem todo mundo reconhece a beleza verdadeira de cada um”, é assim que a fotógrafa norte-americana Victoria Janashvili, que trabalha com fotografia de moda há sete anos, introduz o seu mais recente trabalho, batizados de “CURVES” (curvas).

Depois de fotografar os mais diferentes tipos de beleza a fim de destruir estereótipos e ajudar as mulheres a se sentirem melhor em relação às suas curvas, Victoria decidiu que era a hora de condensar seu trabalho em um livro inspirador.

“Uma publicação do tipo nunca foi feita e acreditamos fortemente que ela transmite uma mensagem muito forte, que pode espalhar amor, felicidade e alívio”, conta a artista em sua página no Kickstarter, através do qual pretende arrecadar fundos para viabilizar o lançamento.


Na sociedade de hoje, a taxa de suicídio é a maior já registrada e está ligada, principalmente, a questões de aparência. Isso significa que, ao espalhar uma imagem realista e de um corpo belo em todas as idades, acreditamos ser capazes de salvar algumas vidas.”

As primeiras imagens foram feitas com as modelos Denise Bidot e Marina Bulatkina. E o projeto já rendeu depoimentos comoventes de quem se sente representada por ele. “Para alguém que é considerada plus size, este trabalho é simplesmente de tirar o fôlego. Ver mulheres se sentirem tão bonitas como as das suas fotos me inspira mais do que você poderia imaginar”, escreveu Shelby.

Para ver mais clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário